ainda que todos te abandonem, eu não te abandonarei

Na liturgia católica romana deste fim de semana escuta-se Mc 14, 1-15, 47

ainda que todos te abandonem, eu não te abandonarei

A descrição da Paixão de Cristo, que meditamos em domingo de Ramos, é tão longa quanto profunda e repleta de sinais. Uma das formas de mergulhar neste texto é situarmo-nos nas diversas personagens e, em atitude criativa de composição do lugar, perguntar-se “quem sou eu neste cenário?” Pedro, que prometera não abandonar o Mestre, mas que o nega? Simão, o cireneu, que ajuda Jesus a levar a cruz? Um soldado? Um personagem incógnito que vê a cena mas não se envolve nem se co-move? Pilatos, que lava as mãos? O próprio Jesus? Maria, que assiste em envolvimento e dor? Barrabás, que se safa na frincha da sorte? O bom ladrão, que in extremis se arrepende e confia?…

JP in Espiritualidade Frases 28 Março, 2021

tempo para SER

“preciso de tempo para SER”

Na frase acima, a palavra em maiúsculas é fatidicamente substituída e vivenciada como sendo: ter, empreender, fazer, concluir, testemunhar, realizar, consumar, controlar, compensar, cobrir, salvar, socorrer, etc. Palavras complicadas, todas com mais de três letras…

JP in Frases 26 Março, 2021

monocausalidade

As explicações monocausais tendem a ser insuficientes. Principalmente em sínteses curtas, por este motivo, tenho o dever de humildemente reconhecer que posso, senão ser, pelo menos parecer categórico…

JP in Frases 22 Março, 2021

e não mais recordarei as suas faltas

Na liturgia católica romana deste fim de semana escuta-se Jer 31, 31-34

e não mais recordarei as suas faltas

O Livro de Jeremias anuncia uma aliança nova, referindo-se a um Senhor que fará um pacto definitivo com os homens. Embora para os cristãos, esta aliança seja consubstanciada na vida de Jesus Cristo é interessante observar os seus indícios judaicos: “perdoar os pecados e não mais recordar as nossas faltas”. Muitas vezes não valorizamos a radicalidade libertadora desta misericórdia, que “treinamos”, em particular na Quaresma. Podemos tentar, também nós, ser instrumentos da uma nova aliança de perdão para outras pessoas. Não sendo fácil (até porque não significa, tão só, esquecer) poderemos trabalhar o “não recordar as faltas” dos outros, incrementando em nós a capacidade de ver os com olhos novos. Sem tanger a ingenuidade, façamos um esforço por ver os outros como Deus vê… Em particular, que as faltas dos humanos com que nos cruzamos sejam mais pretextos de misericórdia nossa, do que matéria para “carimbos”…

JP in Espiritualidade Frases 20 Março, 2021

porque Deus não enviou o Filho ao mundo para condenar o mundo, mas para que o mundo seja salvo por Ele

Na liturgia católica romana deste fim de semana escuta-se Jo 3, 14-21

Porque Deus não enviou o Filho ao mundo para condenar o mundo, mas para que o mundo seja salvo por Ele

Acreditar é um movimento perpétuo de “jás” e “ainda nãos”. É bom colocarmo-nos na Quaresma como caminho de preparação para acolher amorosamente a morte e a ressurreição de Jesus, neste ritmo de esperanças e de incertezas. Tudo aquilo que nos prejudica, em todas as dimensões da nossa vida (psicológica, corporal, social, amorosa, etc.) odeia a luz, fica no escuro. Ficar no escuro é estar escondido, é estar no lugar onde nada nem ninguém se vê, é estar no segredo. Quais as nossas áreas de maior ou menor escuridão? Quais os nossos segredos? Podemos também confrontar-nos com a evidência de que há relações familiares que são de escuridão ou de luz, relações de trabalho, de “mim comigo”, de realidade social, política local, nacional e mundial, que estão envolvidas pela luz ou pela penumbra, ou mesmo pela escuridão total. Identificar essas situações e deixar vir à luz a bondade que há em nós e nos outros é caminho de Quaresma…

JP in Espiritualidade Frases 14 Março, 2021

amizade

Um dos fios mais estruturantes da amizade é precisamente a não dependência.

JP in Frases 12 Março, 2021

obrigações…

Se eu tivesse mesmo de ter uma obrigação (terei?), seria a obrigação de ser feliz.

JP in Frases 8 Março, 2021

não terás outros deuses diante de Mim

Na liturgia católica romana deste fim de semana escuta-se Ex 20, 1-17

não terás outros deuses diante de Mim

Em tempos de Quaresma propicia-se o Livro do Êxodo, desde logo pelo cenário dos quarenta anos de deserto que um povo em procura, como nós, se dispôs atravessar, com fé e na fé… A sugestão de ‘não ter outros deuses’ é muito mais do que teológica: quais os meus ‘outros deuses’? Poder? Reconhecimento? Segurança? Saúde? Eu próprio(a)?…

PS: Atentemos numa ideia que não raras vezes nos faz legítima confusão e que aparece no Antigo Testamento, quando são postas na boca de Deus expressões como: “Eu castigo as ofensas dos pais nos filhos”. Importa eliminar as imagens (negativas) de um Deus castigador. E Ele, de facto, não castiga! Devemos, pois, ouvir estas palavras no contexto histórico-temporal em que se inserem, na linha de uma relação “Homem-Deus” ainda imatura, que está a crescer e que vai abrindo portas para a grande revelação, que está a acontecer e que, para nós, cristãos, se dá em Jesus Cristo.

JP in Espiritualidade Frases 6 Março, 2021

trincheiras

O sublinhado explícito duma identidade ou de uma pertença (religiosa, cultural, familiar) é quase sempre exagerado… porque é uma trincheira…

JP in Frases 4 Março, 2021

desmontagem etimológica

Por vezes os alunos erram, não por desconhecerem mas por não saberem o que as palavras querem dizer… A desmontagem etimológica de muitos termos pode ser muito útil. Compreender a raiz da palavra, de onde vem, o que significa e que pontes semânticas se podem encontrar com significados conhecidos do aluno é uma arma didática poderosa e imprescindível.

JP in Educação Frases 2 Março, 2021