livro aberto e docência

O dinamismo da profissão de professor presta-se pouco a fechos e a sínteses, sendo mais coerente falar em portas e caminhos que se abrem. Esta é uma atividade gozosa, precisamente por ser um radical e constante livro aberto…

JP in Educação Frases 30 Março, 2021

evolução ou transformação?

Maior complexidade é diferente de melhor performance ou evolução. Sem garantias de sermos melhores ontem do que hoje, pelo menos a alguns níveis, apetece invocar não a teoria da evolução mas a teoria da transformação (mais prudente…)

JP in Ciência Educação Espiritualidade 24 Março, 2021

desmontagem etimológica

Por vezes os alunos erram, não por desconhecerem mas por não saberem o que as palavras querem dizer… A desmontagem etimológica de muitos termos pode ser muito útil. Compreender a raiz da palavra, de onde vem, o que significa e que pontes semânticas se podem encontrar com significados conhecidos do aluno é uma arma didática poderosa e imprescindível.

JP in Educação Frases 2 Março, 2021

aprender a viver com as nossas fragilidades

Nem o progresso espiritual nem a caminhada psicológica (mais ou menos psicoterapêutica) apostam na irradicação ingénua do que é menos bom em nós. A estrada passa mais por reconhecer e aprender a viver, francamente, com aquilo que somos. Não é teimosia nem perguiça de melhorar: é realismo existencial…

JP in Educação Frases 22 Fevereiro, 2021

hospitalidade e esvaziamento

A porosidade que desejo sublinhar em mim, para ser hospitaleiro do outro, implica, precisamente, esvaziar-me de um pedaço de mim para que esse outro tenha lugar… Então, não há boa hospitalidade sem o trabalho pessoal de me olhar e de me esvaziar…

JP in Educação Frases 18 Fevereiro, 2021

pedagogia do erro

É relevante, face ao erro pessoal, promover, por ordem crescente de importância:

1- ampliar a atenção e os métodos para errar menos adiante;

2- tirar proveito no sentido de aprender a conviver melhor com o erro pessoal;

3- ampliar a compreensão e a misericórdia face aos erros dos outros;

4- reparar o erro e, principalmente, as consequências junto de outros (se for o caso, claro está, pedir perdão).

Para todo este dinamismo, convém uma confiança prévia de que, mesmo errando, somos sempre amados e amáveis…

JP in Educação Frases 8 Janeiro, 2021

vistas de estudo na escola

Há quarenta anos, eu dormia mal na noite anterior a uma visita de estudo, com insónias características do entusiasmo. A minha mãe preparava um bolo estendido num tabuleiro, com aroma de limão, cortado aos quadradinhos e salpicado com açúcar, que depois metia num tupperware. Já no meu tempo, comprava alguma comida mais “plástica” que, naquele dia, me sabia a mel. Mentendo-se este entusiasmo dos alunos em maior ou menor grau, nos nossos tempos, entendo que vale a pena o esforço dos professores que se envolvem nestes dinamismos extraescola. Interessará capitalizar cultura e aprendizagem e, portanto, as visitas valem não só por esta adrenalina infantil e adolescente… mas também…

JP in Educação Frases 16 Outubro, 2020

professor fascinado

O professor fascinado procura contínuo discernimento para usar as coisas, as metodologias, as teorias e as práticas educativas, tanto quanto estas o possam ajudar na prossecução do seu fim, que é o ato nobilíssimo de educar, isto é, de ajudar a crescer.

JP in Educação Frases 2 Outubro, 2020

o que se ensina e como se ensina…

Há uma dualidade constante a exercer na vida docente: saber ensinar e saber o que se ensina. Do ponto de vista do professor, há que estar bem com as duas partes, embora sejam áreas intrinsecamente incompletas e em constante tensão evolutiva. Bases sólidas da ciência que se ensina são fundamentais, mas de que valerão conhecimentos profundos de uma certa matéria se não houver aptidões para criar o ambiente interessante para aprender?

JP in Educação Frases 2 Setembro, 2020

moral sexual e consciência

Era interessante robustecer os cristãos com ferramentas que permitissem um discernimento sério e profundo para um verdadeiro desenvolvimento da sua consciência pessoal, mais do que ditar prescrições rígidas mais ou menos infantilizantes. Estas cartilhas, em muitos casos, não ajudam mas antes bloqueiam o acesso das pessoas à melhor felicidade, reduto último da religião. Os assuntos de sexualidade, incluindo o uso do preservativo, são muitas vezes discutidos numa ridícula estrada de «sim ou não», que não corresponde a uma colocação séria do problema. A questão da consciência pessoal (e/ou diante de Deus, para os crentes) parece ser o elo mais crucial mas o menos abordado em muitos discernimentos, nomeadamente os que se prendem com as questões da sexualidade. Para formar esta consciência, porém, a religião terá de trabalhar mais e melhor a sua catequese. A «gestão» da nossa sexualidade é assunto tão fascinante quanto complexo e muitos cristãos estão suspensos ou mesmo «entalados» entre propostas moralistas, cujo verdadeiro significado não entendem, e uma proposta facilitista, que se joga na contemporaniedade e que entra pela televisão e por outros média. Ao ser menos prescritiva em algumas questões de moral e tentar formar a consciência global e profunda dos crentes, a Igreja poderia arriscar outro caminho, igualmente exigente mas ‘de dentro para fora’, escolhido e assumido por cada um. Esta postura baseia-se numa antropologia mais «confiante» no homem. Por vezes, parece haver medo da «desregração», mas, assim como nas famílias educar não é controlar, a moral católica poderia ser menos retalhada e mais baseada em princípios gerais de fraternidade, respeito por si próprio, pelos outros e pela vida. Seria o desfecho de consciência pessoal, sempre confrontável com acompanhamento espiritual, que determinaria a liberdade no amor de cada homem e mulher. Intui-se até que, se fosse bem construída esta formação, capaz de ler e integrar o património de cultura, fé, psicologia e sociologia que forma a consciência, as escolhas dos cristãos seriam mais interiorizadas. Não se trata de “baixar a fasquia”, mas de a propor num caminho ancorado internamente, em vez de o impor moralisticamente…

JP in Educação Espiritualidade 6 Agosto, 2020