eis o Cordeiro de Deus

Na liturgia católica romana deste fim de semana escuta-se Jo 1, 29-34

«eis o Cordeiro de Deus»

 

A expressão “eis o cordeiro de Deus” é atribuída a João Batista, o dizente de Jesus. Os Judeus tinham o hábito de matar um cordeiro como expressão sacrificial a Deus. Jesus como cordeiro, convoca continuamente as raízes judaicas mas apresenta algumas descontinuidades relevantes: não precisamos mais de sacrifícios de animais para agradar a Deus (o próprio Cristo simboliza essa entrega) e o sacrifício que importa para Deus é o amor que a vida de Jesus testemunha. “Cordeiro de Deus” é uma frase frequente na eucaristia e aponta para celebrar a mais nobre e inspiradora entrega, aquela de morrer por amor. Em semana de particular intensidade para a unidade dos Cristãos, une-nos esta essencialidade à volta da entrega de Cristo, que nos pode tornar precisamente seguidores de Cristo, precisamente cristãos…

JP in Espiritualidade Frases 18 Janeiro, 2020

fé cristã

De quando em vez, vale a pena atualizar o esforço de tentar dizer em poucas palavras a nossa fé cristã. Por exemplo: “arriscar apoiar-se vivendo na base de um Deus-Amor, revelado em Jesus, em imersão comunitária”.

 

JP in Espiritualidade Frases 14 Março, 2019

leito de Deus

Leito de Deus

A fé é esta procura constante, este risco num abismo que, paradoxalmente abissal, é leito de paz. Aqui repouso, na tensão amorosa, convicta e determinada de que é a cama em que me quero deitar. Se vezes há, e muitas são, em que me distraio e deito noutros leitos, principalmente meus, em aparente ganho, ai peco eu, perde o mundo e perde Cristo. A misericórdia de Deus é sempre, porém, o meu lençol. Sempre limpo, acolhedor, não julgador, abraçador, aconchegante, consolador. E assim me sinto, quando me deito e deixo aqui dormir. Mais não quero que ser manto de outros tantos, assim com Cristo e em Cristo, já não eu, mas Ele em mim. Que eu viva, persevere e celebre para ser isto e, assim, seja o melhor de mim e de Deus. Amen.

JP in Espiritualidade Frases 28 Junho, 2018

homo-divino

Homo-divino

 

Cristão sou

Assim me defino.

Sou livre quando

Aponto a Ti.

Por graça,

ir além de mim

e comigo,

emprestar-me

ao homo-divino Cristo,

redunda no mais

certeiro encontro.

 

Ragusa 17 Agosto 2015

ser Cristão

Ser Cristão

 

 

 

Ser cristão

É esta ilusão

Com-sentida

De um outro

Que habita

Em mim

Ao viver

Iludido,

Assim,

A ilusão

Ganha vida.

Sou água

Iludida,

Vazinlha

Pré-enchida

Por Outro

Amor maior.

Da ilusão

Brotante

De grande vazio,

De carência

Profunda

(feita de absurdos)

me abro

ao mistério

que falta.

E em mergulho

De vida

Reconheço-me

Existido

De uma fonte

Que me abraça.

 

 

Soutelo, 09 de dezembro de 2016